Entenda sobre intolerância à lactose




A intolerância à lactose é causada pela redução ou pela ausência de produção da enzima lactase, responsável pela digestão da lactose (açúcar do leite). Já a alergia à proteína do leite é uma reação do sistema imune a essa proteína, por isso os alérgicos não devem consumir lácteos. A síndrome do intestino irritável (SII) é uma condição que afeta a função e o comportamento do intestino, mas os alimentos que causam os sintomas podem ser outros além dos lácteos, dependendo de cada indivíduo.

Podemos nascer com intolerância à lactose ou a desenvolvemos durante a vida?

Sim, podemos. Entretanto, o tipo mais comum é desenvolvido com o passar dos anos.

Quais os sintomas da intolerância à lactose?

Dores abdominais, sensação de estômago pesado, diarreia, gases e náusea.

Por que sentimos os desconfortos da intolerância à lactose?

Quando a lactose não é digerida corretamente (devido à deficiência na produção da enzima responsável pela digestão), ela continua no intestino. As bactérias da flora intestinal a fermentam e formam gases, que trazem os sintomas gastrointestinais desconfortáveis.

Como é feito o diagnóstico da intolerância à lactose?

O exame mais comum é o teste de tolerância à lactose. Como a enzima lactase quebra a lactose em moléculas menores (glicose e galactose), é medida a glicemia sanguínea após a ingestão de uma solução com lactose. Assim, quanto mais glicose no sangue, mais fácil é a sua capacidade de digerir a lactose.

Como conviver com a intolerância à lactose?

Não é necessário excluir o leite e derivados da alimentação. Cada pessoa pode apresentar diferentes níveis de intolerância à lactose sem sentir desconfortos. Além disso, hoje existem produtos sem lactose no mercado, como manteiga, leite, leite condensado, creme de leite e doce de leite.

Você sabia? A Piracanjuba foi pioneira ao apresentar para o mercado brasileiro o primeiro Leite UHT Zero Lactose? 

Como funciona a gravidez para quem é intolerante? Quais cuidados eu devo tomar?

Como o consumo do cálcio na gestação deve ser maior, mulheres gestantes que possuem intolerância podem continuar consumindo produtos lácteos nas versões ‘zero lactose’.

O que são os alimentos enzimados?

São alimentos adicionados de lactase, enzima responsável por digerir a lactose. Portanto, não contêm lactose.

A composição nutricional do leite zero lactose é a mesma do leite normal?

Sim, a composição é bastante similar. A única alteração é o tipo de carboidrato presente: o leite zero lactose contém glicose e galactose, o normal contém lactose.

Experimente os produtos Piracanjuba Zero Lactose em qualquer refeição do seu dia! 

Existem alimentos com mais lactose que outros?

Sim. Alguns produtos podem conter mais lactose que outros. Mas se um produto é ‘zero lactose’, então segue o limite máximo estabelecido pela Anvisa, que é incapaz de causar desconfortos em intolerantes.

Produtos sem lactose são sem lactose mesmo?

Os produtos sem lactose contêm até 0,1g de lactose em 100 ml (limite estabelecido pela Anvisa). Esse teor é incapaz de causar qualquer desconforto para intolerantes.

Existe algum remédio para melhorar meus sintomas da intolerância? Quais são as opções?

Sim. Um médico pode auxiliar com a indicação de remédios que minimizam os sintomas da intolerância. Além disso, existem comprimidos de enzima lactase e produtos com a adição dessa enzima, que devem ser usados para evitar que os sintomas apareçam após o consumo de produtos lácteos.

Veja agora:

Pensando no bem-estar dos intolerantes à lactose, a Piracanjuba lançou o Leite Desnatado Zero Lactose, na embalagem de 500 ml, feita sob medida para o consumo individual ou de famílias menores é, sem dúvida, uma opção prática para o dia a dia! 


Fonte: 

EQuilibrium 



Compartilhe com seus amigos



2 gostei