Conheça as diferentes funções das proteínas no corpo

Publicado em 01/04/2021 08:03:00 por Piracanjuba

As proteínas são os principais componentes estruturais e funcionais de todas as células do corpo humano. São compostas por vários blocos de construção, chamados de aminoácidos, e atuam de diferentes formas, exercendo variadas funções. Conheça algumas delas:

- Estrutural: participam da estrutura de células e de tecidos, ou seja, o organismo precisa de proteína para formá-los e mantê-los. Estão na armação, por exemplo, de células do sistema nervoso, como os neurônios. As principais proteínas estruturais incluem colágeno (participa da formação de ossos, tendões, ligamentos e pele), queratina (pele, cabelos e unhas) e a elastina (proteína mais flexível, muito presente em tecidos que precisam de mais movimento, como pele, útero e pulmão). 

- Hormonal: alguns hormônios são de origem proteica, agindo como mensageiros químicos entre as células, tecidos e órgãos. Alguns exemplos são a insulina, que atua na regulação de glicose no sangue, e o hormônio do crescimento (GH).

- Enzimática: as enzimas são proteínas com uma função reguladora, participando de diversas reações que acontecem dentro e fora das células e que são essenciais para a vida. Alguns exemplos de enzimas são as digestivas, como a lactase, que ajuda a quebrar a lactose (açúcar natural do leite) em partes menores, para que seja digerido, ou a lipase, que digere a gordura dos alimentos para que, depois, seja absorvida.

Leia também: Mito ou verdade? Respondemos as 8 dúvidas mais frequentes sobre a lactose


- Defesa: as proteínas participam da formação de células de alta especificidade, como os anticorpos, capazes de defender o organismo contra vírus e bactérias.

- Transporte: atuam no deslocamento de substâncias muito importantes, como oxigênio, colesterol, triglicerídeos e vitaminas lipossolúveis (Vitamina A, D, E e K).

- Nutritiva: fornecem aminoácidos que são usados no processo de obtenção de energia, quatro calorias por grama, a mesma quantidade que os carboidratos. Porém, ela é a última opção de escolha do organismo, que prefere carboidratos e gorduras, justamente pela proteína ser um nutriente valioso muito utilizado em outras funções, só o utilizando como energia quando extremamente necessário, como, por exemplo, durante um jejum severo.

Com tantas funções, é possível perceber que as proteínas são componentes essenciais na alimentação. Isso significa que devemos consumir as quantidades suficientes para atender à a demanda de aminoácidos do nosso corpo. Essa necessidade, vai depender do estilo e estágio de vida.  Esse consumo é particularmente maior, por exemplo, durante os períodos de rápido crescimento ou aumento da demanda, como em crianças, adolescentes, gestantes, lactantes, idosos ou, para quem pratica muito exercício físico.   

Como encontrar esse nutriente tão essencial? As proteínas podem ser encontradas, principalmente, em alimentos de origem animal como, carnes, ovos, leite e queijos, ou vegetais, como as leguminosas (feijões, lentilha e grão-de-bico) e oleaginosas (castanha de caju, amêndoas, etc).

Uma opção prática e saborosa para complementar a necessidade diária desse nutriente é o Piracanjuba Whey, uma bebida láctea com 23 gramas de proteína por porção. Um produto prático, com 250 ml, disponível em diversos sabores. Só escolher o seu favorito!


 

 Referencias:

 1.     EUFIC - The European Food Information Council. What Are Proteins and What Is Their Function in the Body? 2019. Disponível em:< https://www.eufic.org/en/archive/article/what-are-proteins-and-what-is-their-function-in-the-body>. Acesso em: 09, mar 2021.                                                                         

2.     ILSI Brasil. International Life Sciences Institute do Brasil. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Proteína. 2012. Disponível em:< https://ilsibrasil.org/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/20-Protei%CC%81nas.pdf>. Acesso em: 09, mar 2021.

3.     LEIDY, Heather J. et al. The role of protein in weight loss and maintenance. The American journal of clinical nutrition, v. 101, n. 6, p. 1320S-1329S, 2015.                                                       

4.     MEYERS, Linda D. et al. (Ed.). Dietary reference intakes: the essential guide to nutrient requirements. National Academies Press, 2006.                                                                           

5.     PHILLIPS, Stuart M. Current concepts and unresolved questions in dietary protein requirements and supplements in adults. Frontiers in nutrition, v. 4, p. 13, 2017.                                                                 

 

 

 

    Compartilhe com seus amigos

MAIS SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA PARA VOCÊ!